Seja você também um filiado da Federação Paranaense de Tênis.

F P TNotícias

CAPACITAÇÃO
29 de janeiro de 2019 10:58
Cesar Kist e Eduardo Figueiredo falam sobre Módulos da CBT
Cursos de Tática, Metodologia e Psicologia foram destaque na última semana, em Curitiba

Entre os cursos que a Capacitação da CBT oferece neste início de 2019, estão dois módulos de tática e psicologia que abriram as atividades no mês de janeiro. Ministrados por Cesar Kist e Eduardo Figueiredo, os eventos aconteceram na última semana, em Curitiba.

 

A princípio, falamos do Módulo Avançado de Tática e Metodologia, responsabilidade do palestrante Cesar Kist, que é Oficial de Desenvolvimento da ITF para América do Sul e Coordenador do Departamento de Capacitação de Treinadores da CBT.

 

No curso, que foi oferecido entre 22 e 24 de janeiro, na Academia Figueiredo/ECO, Kist falou especialmente para treinadores de tenistas em estágio avançado, apresentando diferentes metodologias para rotinas de treino.

 

Falamos com Cesar a respeito do Módulo e ele nos deu uma ideia do conteúdo transmitido, além de falar sobre a importância do evento e do que isso traz para a realidade do técnico. “O ponto crucial destes cursos que realizamos é que eles equivalem ao Nível 3 da ITF. Primeiro o de Tática e Metodologia, depois de Psicologia, é entender o que há de mais moderno e atualizado, em cursos, está ali. É importante que os treinadores tenham essa visão de capacitação continuada, estarem sempre buscando as últimas informações do que há no mercado do tênis. Essa é a chave, esperamos que quando vierem novos módulos para o Paraná, que os treinadores aproveitem bem esta oportunidade”, comentou.

 

Além do Módulo de Tática e Metodologia, também tivemos apresentações de Eduardo Figueiredo, no Módulo de Psicologia. O curso aconteceu entre os dias 25 e 27 de janeiro, também na Academia Figueiredo/ECO. Eduardo entende esse novo conteúdo da seguinte forma:

 

“O curso de Psicologia Avançada tem grandes vantagens e uma delas é a aplicação prática e o conteúdo teórico. Em geral, os profissionais não possuem essa integração entre as duas áreas, pois ou o Psicólogo não entende de tênis, ou o professor não entende de Psicologia. É muito bom poder integrar esse conhecimento. Os treinadores, então, adquirem competências para utilizar os conteúdos psicológicos em suas aulas, tentando entender os alunos e consequentemente transmitir informações de diversas maneiras, controlando desde a aprendizagem até a ansiedade em competições. Existe muita informação a respeito de liderança e competição, além de reflexões sobre como posso influenciar o bem-estar e a confiança dos alunos. O curso, portanto, não visa melhorar apenas o rendimento do atleta, mas também gerar reflexão sobre como os professores aplicam esse conhecimento”, explicou.

 

Os Módulos não param por aí. Em fevereiro, no Londrina Country Club, teremos o chamado Módulo D, que discutirá métodos de ensino e comunicação dos treinadores com os tenistas. Caio Cortela será o palestrante, entre os dias 8 e 10 de fevereiro.

 

Fique ligado no nosso site para mais novidades!

 

---

Federação Paranaense de Tênis

Assessoria de Imprensa

imprensa@fpt.com.br

41 3365-2404