Seja você também um filiado da Federação Paranaense de Tênis.

F P TNotícias

TENISTA DA SEMANA
07 de março de 2019 11:00
FPT Apresenta: Isabelle Oikawa Torres, Tenista da Semana
Semifinalista da Brasil Juniors Cup, Isabelle tem feito boa participação em torneios nacionais

Certos tenistas mostram muita força mental e perseverança em momentos cruciais. Já que nem todo atleta consegue um dia entrar em um torneio com o status de favorito, sobra motivação para surpreender dentro de quadra.

 

Em uma competição difícil como a Brasil Juniors Cup, Isabelle Oikawa Torres foi longe, muito longe. Ela venceu dois jogos e furou o qualy, além de superar três adversárias na chave principal. A trajetória só parou nas semifinais, quando Isabelle foi superada pela atleta que seria campeã do evento, Amanda Oliveira. Participações tão brilhantes merecem destaque. E certamente trazem bons ventos para o resto do ano.

 

Para entender melhor o que motiva Isabelle, a Tenista da Semana, tivemos uma conversa com Aryadne, sua mãe. Ela nos conta um pouco da história da filha e os objetivos para 2019. Confira na íntegra a seguir:

 

Quando a Isabelle começou a jogar tênis e como ela manifestou interesse pelo esporte?

Ela iniciou no tênis por meio de uma escolinha, aos 7 anos, mas apenas como atividade lúdica. Contudo, passou a ter maior interesse pelo tênis apenas aos 10 anos de idade.

 

Há quanto tempo ela atua em torneios FPT e qual foi a experiência neles?

Aos 11 anos, ela se filiou à FPT e começou a sua participação em torneios. As primeiras participações foram difíceis, tendo em vista o bom nível dos tenistas paranaenses. Mas com o passar do tempo e a intensificação dos treinos, ela sagrou-se campeã paranaense no 14F, no ano passado. Ganhou o Valendo o Título e acabou sendo convocada para representar o Paraná na Copa das Federações. Lá, repetiu o bom desempenho e conseguiu o título de campeã na categoria.

 

Como está sendo o desempenho dela em torneios fora do estado?

O trabalho intenso tem mostrado resultados, certamente. No ano passado foi semifinalista do 14F no Brasileirão. Em agosto, a Isabelle teve ótima participação em torneios na Argentina e fez seus primeiros pontos no ranking ITF. Em janeiro deste ano, furou o qualy do ITF G1 do Paraguai e venceu a primeira rodada de simples e de duplas. Voltou a jogar na categoria 14F em fevereiro, com boa participação no Banana Bowl e sendo semifinalista do Brasil Juniors Cup. Hoje ocupa a posição 1036 no ranking ITF Juvenil.

 

Quais são os objetivos dela para esse ano?

Intensificar os treinos, participar de torneios em vários níveis, manter-se entre as 1000 do ranking ITF e estar entre as melhores de sua categoria.

 

De que maneira ela vê a divisão entre a carreira como atleta e os estudos? Como isso impacta na vida pessoal dela?

Este ano houve grande mudança na rotina da Isabelle. Iniciou os estudos à distância, no Colégio Anglo Americano do Rio de Janeiro. Assim, conseguirá conciliar as rotinas de treinos intensos, viagens e estudos. Sabemos que o estudo é extremamente importante, por isso a mudança de rotina se fez necessária.

 

Quais são as referências e ídolos dela no esporte?

Hoje a maior inspiração é a tenista japonesa Naomi Osaka. Além disso, acompanha muito outras atletas como Simona Halep, Rafael Nadal, Roger Federer e Dominic Thiem.

 

Na sua visão, como mãe, qual deve ser o papel da família do tenista nessa idade tão crucial no desenvolvimento?

Incentivo e apoio, sempre. Acreditar que o esporte é, sim, uma profissão digna e não medir esforços para que os nossos filhos sigam em frente. Estamos sempre juntas, onde for e como for.

 

 

Confira o perfil de Isabelle Oikawa Torres na FPT

 

---

 

Federação Paranaense de Tênis

Assessoria de Imprensa

imprensa@fpt.com.br

41 3365-2404