Seja você também um filiado da Federação Paranaense de Tênis.

F P TNotícias

Games
14 de maio de 2020 14:45
Por Alexandre Cossenza
AO Tennis 2: um novo campeão nos consoles caseiros
Uma dica de jogo de tênis para os fãs que estão sentindo falta do esporte na quarentena

Notícia original: https://cutt.ly/8yQS2Bc

Colunista do UOL, Alexandre Cossenza trouxe uma dica para aqueles apaixonados pelo tênis que também gostam de video game. Na notícia publicada em 09/04/2020 ele tras uma análise com elogios ao jogo AO TENNIS 2, confira parte da matéria abaixo.

Desde o finado Top Spin 4, lançado em 2011 para a geração anterior de consoles (PS3, Xbox 360 e Wii), o tênis não tinha um game decente para satisfazer o público fã da modalidade. O rei incontestável dos games da modalidade continua sendo Tennis Elbow, criado para PCs e Macs (recentemente, vale ressaltar, foi lançada a versão alfa de TE4).

Em 2018, houve uma tentativa dupla de ressuscitar o tênis no mundo dos consoles, com o lançamento quase simultâneo de AO Tennis, criado pela australiana Big Ant, e Tennis World Tour, da desenvolvedora Breakpoint, , que era para ser uma espécie de Top Spin 5, já que alguns dos projetistas haviam trabalhado anteriormente na franquia TS. Dupla tentativa, dupla falta. Os dois games foram recebidos com péssimos reviews e todo tipo de problemas.

A Big Ant não desistiu e, no começo deste ano, lançou AO Tennis 2, uma versão melhorada do game oficial do Australian Open e que foi recebida com reviews um tanto medianos pela imprensa especializada em games (não em tênis).O game está longe de ser perfeito, mas é, com folgas, a melhor opção (entre poucas, é verdade) para consoles e, mais do que isso, é um pacote com tantas opções que pode render horas e horas de diversão para qualquer gamer que goste realmente de tênis.

Os controles de AO Tennis não são simples, o que pode afugentar gamers de primeira viagem. Para quem conhece tênis, é fácil entender por que os controles são do jeito que são. Assim como na vida real, o sucesso para golpes bem executados está numa combinação de timing, mecânica e posicionamento.

AO Tennis não funciona naquela mecânica primitiva do "quem aperta o botão mais cedo bate mais forte". Longe disso. O importante é saber quando apertar o botão para começar o swing e quando soltá-lo para terminar. Além disso, é preciso ter o jogador posicionado no lugar certo para fazer o golpe. Tudo sincronizadinho, como na vida real. 

A movimentação do jogador é outra coisa que frustra quem não conhece tênis. Se Federer disparou uma cruzada violenta e você deu um toque de leve no controle para cobrir a paralela, esqueça. É como na vida real. Não dá tempo de voltar. Em AO Tennis 2, o split step é essencial. Um décimo de atraso, e você vai ficar olhando aquela bola passar pelas suas costas enquanto seu jogador tenta mudar de direção.

Veja mais em: https://www.uol.com.br/esporte/colunas/saque-e-voleio/2020/04/09/ao-tennis-2-enfim-diversao-decente-para-gamers-fas-de-tenis.htm